Seção de Pacientes Externos

 Seção responsável pelos atendimentos que competem ao Serviço Social no ambulatório geral, na emergência e nos variados Programas, que contam com a participação de um ou mais assistentes sociais.

Objetivos: Coordenar as atividades assistenciais direcionadas aos usuários do ambulatório geral, da emergência e dos variados Programas no âmbito das atribuições privativas e competências do Serviço Social. E, contribuir para o ensino de alunos da graduação e pós-graduação, que passam por esses setores em sua inserção no Hospital Universitário no momento de formação.

AMBULATÓRIO

Funcionamento de segunda a sexta-feira de 08 h às 17h, com agendamento prévio prioritariamente.

Atividades:

  • Entrevista de pré-admissão;
  • Orientação sobre direitos, políticas sociais, redes de apoio, benefícios e serviços sociais;
  • Entrevista inicial com usuários e/ou familiares acompanhantes para a realização de avaliação social;
  • Entrevista social subsequente aos usuários e/ou familiares para acompanhamento social das situações apresentadas, em atendimento anterior, que necessitem da continuidade da intervenção do assistente social;
  • Realização de estudos socioeconômicos para avaliar a realidade social dos usuários atendidos;
  • Elaboração de Relatórios e Pareceres Sociais;
  • Levantamento do perfil dos usuários atendidos;
  • Proposição de Projeto de Intervenção e ações educativas sobre cuidados e promoção da saúde;
  • Levantamento, atualização e captação de recursos socioassistenciais;
  • Visitas técnicas;
  • Articulação com outras unidades visando a integralidade da saúde;
  • Articulação Intersetorial com objetivo de viabilizar acesso a população usuária a outras políticas sociais e a recursos socioassistenciais;
  • Atividades de ensino: Supervisão de alunos de graduação e preceptoria de Residentes Multiprofissionais;
  • Avaliação anual das atividades desenvolvidas para qualificação e ampliação do trabalho já realizado;

EMERGÊNCIA

Funcionamento de segunda a sexta-feira, de 07 h às 17h.

Funcionamento aos finais de semana e feriados, de 7h às 19 h.

Atividades:

  • Atualização de informações dos usuários atendidos no setor com objetivo de identificar demandas que requerem intervenção do assistente social;
  • Entrevista inicial com usuários e/ou familiares acompanhantes para a realização de avaliação social;
  • Atendimento individual e/ou com familiar, democratizando as informações necessárias ao atendimento prestado;
  • Divulgar as rotinas de internação e material informativo, favorecendo a continuidade da atenção prestada pelo serviço social na unidade de internação;
  • Orientação sobre direitos, políticas sociais, redes de apoio, benefícios e serviços sociais;
  • Levantamento do perfil dos usuários atendidos;
  • Proposição de Projeto de Intervenção e ações educativas sobre cuidados e promoção da saúde;
  • Levantamento, atualização e captação de recursos socioassistenciais;
  • Participação no processo de alta na perspectiva de identificar e trabalhar os aspectos sociais que atravessam o processo de saúde/doença;
  • Articulação com outras unidades visando a integralidade da saúde;
  • Articulação Intersetorial com objetivo de viabilizar acesso a população usuária a outras políticas sociais e a recursos socioassistenciais;
  • Atividades de ensino: Supervisão de alunos de graduação e preceptoria de Residentes Multiprofissionais;
  • Avaliação anual das atividades desenvolvidas para qualificação e ampliação do trabalho já realizado;

PROGRAMAS

PROGRAMA DA GERIATRIA
Assistente Social Roberto Santos da Cunha

Terça-feira, de 8h às 12h, sala 118 do ambulatório

Assistente Social Soraia da Silva Rondão do Nascimento

Quinta-feira, de 8h às 17h, sala 118 do ambulatório

Grupo de Cuidadores de Idosos, última quinta-feira do mês, sala 135, à tarde.


GRUPO DE ADESÃO DA DIP

Assistente Social Cíntia da Silva Cunha, Taiane Batista de Oliveira e Laís Godinho Busquet Soares
Última quinta-feira do mês, de 9h às 11h, sala 5E03B, no 5º andar.

PROGRAMA NÚCLEO DE ATENDIMENTO AO ALUNADO

Assistentes sociais Camila Oliveira Carvalho

Quinta-feira, de 9h ao 12h, sala 9E-28 (Espaço Professora Lúcia Spitz)

PROGRAMA DE HANSENÍASE
Assistente Social Elen Regina de Oliveira e Janete Duarte Bastos
Segunda-feira, de 13h às 17h, sala 132 do ambulatório
Grupo de autocuidado, primeira segunda-feira do mês, às 13:00h, sala 135, ambulatório

PROGRAMA DE CIRURGIA BARIÁTRICA

Assistente Social Evilim Jashar
Quarta-feira, de 8h às 12h, no 2º andar, no Serviço de Medicina Física e Reabilitação

PROGRAMA DE CUIDADOS PALIATIVOS

Assistente social Jennifer Christie do Nascimento Gonçalves Pinto

Sexta-feira, 8 às 12h, no 2º andar

PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE QUEDAS

Assistente social Claudia Gregório de Britto

Atividade itinerante realizada nos ambulatórios e enfermarias, conforme a necessidade por encaminhamento interno

PROGRAMA DE HEMODIÁLISE

Assistentes sociais Elilda do Carmo de Moraes e Claudia Gregório de Britto

Segunda a sexta, 8 às 17h, no 7º andar, setor de nefrologia

PROJETO DE EXTENSÃO - EDUCAÇÃO E SAÚDE NA DOENÇA DE PARKINSON: CUIDANDO DOS PACIENTES, FAMILIARES E CUIDADORES

Assistente social Vania Dias de Oliveira

Terça-feira, de 8 às 12h, mensal, no Instituto de Neurologia Deolindo Couto

Assistência

Atende 42 especialidades médicas e 23 programas em alta complexidade. Possui um Programa de Transplante credenciado no Sistema Nacional de Transplante do Ministério da Saúde, para transplantar rim, fígado, córnea e medula óssea. Tem capacidade instalada atual de 244 leitos, com potencial para até 350 leitos ativos, na dependência do resgate de áreas não utilizadas e investimento em recursos humanos. Realiza por mês cerca de 20 mil consultas ambulatoriais, 450 cirurgias, e 700 internações.

Ensino

Recebe estudantes de graduação das diversas unidades acadêmicas da UFRJ. Por ano, oferece 200 novas vagas para o Programa de Residência Médica e 31 vagas para Residência Multiprofissional em Saúde. Campo de treinamento e formação de 1.795 alunos de graduação e pós-graduação, além de 333 residentes. A Residência Médica do HUCFF é uma das mais procuradas do país. O concurso para 2012 teve 2.230 candidatos inscritos para 206 vagas. Entre os cursos mais procurados estão o de Clínica Médica e Cirurgia Geral.

Pesquisa

O HUCFF abriga importantes laboratórios onde são desenvolvidas produções científicas e publicação de artigos. As recentes conquistas no setor de pesquisa são uma prova de que o hospital tem levado a sério o compromisso de garantir mais qualidade de vida a seus pacientes. É conhecido como um dos principais pólos de produção e disseminação de conhecimento saúde no estado e no país, além de conquistar crescente projeção internacional.