A importância da ginástica laboral no ambiente de trabalho

A prática vem para proporcionar muito mais que apenas um momento de relaxamento aos funcionários.

divulgação HUCFF 2O trabalho ininterrupto gera diversas consequências físicas. A má postura corporal e a fadiga, originada por esforços excessivos ou repetitivos no ambiente de trabalho, é queixa recorrente no SESAT – Serviço de Saúde do Trabalhador - do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF/UFRJ). Assim, para manter um bom ambiente de trabalho e reduzir o número de afastamento por problemas de saúde, o Serviço de Treinamento e Desenvolvimento da Divisão de Recursos Humanos (STD/DRH) promove, desde 2012, grupos de ginástica laboral, relaxamento e alongamento. O DRH foi o pioneiro, mas a Coordenação de Informática e Rede (CIR), o Serviço de Licitações e Contratos (SLC), a Divisão Financeira (DFN), o Almoxarifado e a Divisão de Atividades Gerenciais (DAG) já compõem o calendário semanal de atendimentos itinerantes do Projeto anti-stress, que atualmente se mantém sob a chancela do gabinete da direção do DRH.

Nas aulas ministradas pelos professores Ademir Cypriano e Izabel Gondim é possível movimentar coluna, pernas, braços, pescoço, quadril, além de fazer exercícios orofaciais, com o objetivo de proporcionar boas condições físicas e mentais à equipe.

Na nossa vivência percebemos um mundo novo na terapia do relaxamento, interrompendo ciclos de doenças, insônias e dores e, também, evitando tantas baixas e licença do trabalho por alterações físicas, emocionais e psíquicas”, afirma o psicólogo e fisioterapeuta Ademir Cypriano.

Existem dois tipos de Ginástica Laboral: a Preparatória, que é realizada antes ou nas primeiras horas do trabalho, composta por alongamentos, aumentando a circulação sanguínea, a viscosidade e lubrificação das articulações e tendões; e a Compensatória, realizada no meio da jornada de trabalho, como uma pausa, e é praticada para diminuir a fadiga e prevenir doenças ocupacionais crônicas.

Os benefícios da adoção da ginástica laboral dentro do ambiente organizacional sejam em atividades de escritório ou industriais são evidentes como, por exemplo:

– Prevenção de Doenças Laborais;

– Redução do sedentarismo;

– Melhora o Condicionamento Físico;

– Redução a fadiga;

– Combate tensões;

– Melhora a autoestima;

– Aumento da produtividade;

– Diminuição dos afastamentos;

– Melhoria na interação entre os colaboradores.

A ginástica laboral traz melhorias no dia a dia. É uma prática que envolve atividade física e mental. O relaxamento e o alongamento aliviam stress e aproximam as pessoas”, destaca a fonoaudióloga e terapeuta, Izabel Gondim.

A Ginástica Laboral é aberta aos funcionários e colaboradores do HUCFF e acontece às quartas-feiras no 10º andar (10E19), próximo ao Sesat - de 9h às 15h – e às quintas-feiras no DRH, a partir das 9h.

Quer agendar um momento para o autocuidado? 

Ramais: 2737 e 6031

Izabel Gondim de Paula, fonoaudióloga do DRH/HUCFF.
Gerenciamento do stress. Terapeuta em florais, óleos essenciais e aromaterapia. Acupuntura e Auriculoterapia, relaxamento com controle respiratório e exercícios. Meditação e Yoga.
Ademir de Ornellas Cypriano, psicólogo e fisioterapeuta.
Acupuntura e florais de Bach. Poeta.
Moacir Moura, diretor da DRH.
Meditação e Yoga
Carlos Eduardo Simões, diretor Substituto da DRH.
Psicólogo.
Sandra Batista, assistente social da DRH.
Terapeuta de Shiatsu

divulgação HUCFF 3divulgação HUCFF 1

Assistência

Atende 42 especialidades médicas e 23 programas em alta complexidade. Possui um Programa de Transplante credenciado no Sistema Nacional de Transplante do Ministério da Saúde, para transplantar rim, fígado, córnea e medula óssea. Tem capacidade instalada atual de 244 leitos, com potencial para até 350 leitos ativos, na dependência do resgate de áreas não utilizadas e investimento em recursos humanos. Realiza por mês cerca de 20 mil consultas ambulatoriais, 450 cirurgias, e 700 internações.

Ensino

Recebe estudantes de graduação das diversas unidades acadêmicas da UFRJ. Por ano, oferece 200 novas vagas para o Programa de Residência Médica e 31 vagas para Residência Multiprofissional em Saúde. Campo de treinamento e formação de 1.795 alunos de graduação e pós-graduação, além de 333 residentes. A Residência Médica do HUCFF é uma das mais procuradas do país. O concurso para 2012 teve 2.230 candidatos inscritos para 206 vagas. Entre os cursos mais procurados estão o de Clínica Médica e Cirurgia Geral.

Pesquisa

O HUCFF abriga importantes laboratórios onde são desenvolvidas produções científicas e publicação de artigos. As recentes conquistas no setor de pesquisa são uma prova de que o hospital tem levado a sério o compromisso de garantir mais qualidade de vida a seus pacientes. É conhecido como um dos principais pólos de produção e disseminação de conhecimento saúde no estado e no país, além de conquistar crescente projeção internacional.