HUCFF retoma cirurgias de transplante renal

Marco Brandt fachada HUCFF
Foto: Marco Brandt
 
Procedimento com doador vivo vai ser realizado no Dia Mundial do Rim, 11/3

O Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF/UFRJ) vai voltar a realizar cirurgias de transplante renal intervivos (com doador vivo) que estavam suspensas devido às medidas de biossegurança impostas para evitar a disseminação do novo coronavírus.

O procedimento será realizado na próxima quinta-feira, 11/3, Dia Mundial do Rim, cujo o tema deste ano é “Vivendo bem com a doença renal”.

Para haver o transplante renal há de se ter a compatibilidade ABO e a imunológica (HLA e Crosmatch) entre doador e receptor. Além de uma série de exames laboratoriais e de imagem incluindo a investigação da anatomia dos órgãos (do sistema urinário) e dos vasos renais que atestam a compatibilidade e possibilidade do transplante. É muito importante que o doador esteja bem, não tenha doenças transmissíveis e que a doação não lhe acarrete riscos no futuro”, explica a coordenadora-geral adjunta de transplantes, Denise Costa.

A necessidade de adoção de cuidados para evitar a ampliação da pandemia provocou a suspensão de atividades de serviços de saúde relacionados a uma série de procedimentos, incluindo os tipos de transplantes que poderiam ser adiados, como os de rins.

“Estamos retomando os transplantes com toda a segurança. A nossa meta é realizar um procedimento por mês e, ainda este ano, prosseguir os transplantes renais com doador falecido”, afirma o diretor-geral, Marcos Freire.
 
Projeto de retomada  teve curso de atualização
 
A coordenação-geral de transplantes do HUCFF - em parceria com o Serviço de Nefrologia e a coordenação de enfermagem do posto 7A - realizou nos dias 04 e 05 de março o I Curso de atualização em transplante renal. O objetivo é aprimorar a assistência prestada aos pacientes submetidos ao transplante renal, visando um cuidado de qualidade aos transplantados.
O evento contou com uma participação significativa de profissionais do setor 7A (Nefrologia), residentes de enfermagem e profissionais de outros setores com interesse pelo tema. 

Assistência

Atende 42 especialidades médicas e 23 programas em alta complexidade. Possui um Programa de Transplante credenciado no Sistema Nacional de Transplante do Ministério da Saúde, para transplantar rim, fígado, córnea e medula óssea. Tem capacidade instalada atual de 244 leitos, com potencial para até 350 leitos ativos, na dependência do resgate de áreas não utilizadas e investimento em recursos humanos. Realiza por mês cerca de 20 mil consultas ambulatoriais, 450 cirurgias, e 700 internações.

Ensino

Recebe estudantes de graduação das diversas unidades acadêmicas da UFRJ. Por ano, oferece 200 novas vagas para o Programa de Residência Médica e 31 vagas para Residência Multiprofissional em Saúde. Campo de treinamento e formação de 1.795 alunos de graduação e pós-graduação, além de 333 residentes. A Residência Médica do HUCFF é uma das mais procuradas do país. O concurso para 2012 teve 2.230 candidatos inscritos para 206 vagas. Entre os cursos mais procurados estão o de Clínica Médica e Cirurgia Geral.

Pesquisa

O HUCFF abriga importantes laboratórios onde são desenvolvidas produções científicas e publicação de artigos. As recentes conquistas no setor de pesquisa são uma prova de que o hospital tem levado a sério o compromisso de garantir mais qualidade de vida a seus pacientes. É conhecido como um dos principais pólos de produção e disseminação de conhecimento saúde no estado e no país, além de conquistar crescente projeção internacional.