COVID-19: UFRJ testa com sucesso ventilador de exceção em pacientes

vexco2COVID-19: UFRJ testa com sucesso ventilador de exceção em pacientes
Cada ventilador custa em média R$ 8,5 mil, 91,5% mais barato que o convencional, que está em torno de R$ 100 mil

Por Coppe/UFRJ e Victor França (CoordCom/UFRJ)
Foto: Coppe/UFRJ

A força-tarefa da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) no combate ao novo coronavírus não para. O ventilador de exceção para COVID-19 (VExCO) foi testado em pacientes do maior hospital do estado do Rio em volume de consultas, o Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF/UFRJ). O experimento teve a colaboração do Núcleo de Bioética e Ética Aplicada (Nubea/UFRJ). O resultado? Sucesso nos testes.

Com dois ventiladores instalados nas Unidades de Terapia Intensiva, o Hospital do Fundão, como é conhecido o HUCFF, conseguiu, com o VExCO, reproduzir com êxito o modo de ventilação a que vinham sendo submetidos cinco pacientes em estado grave, sendo três deles na unidade COVID-19 e dois na não COVID-19. Todos os testes aconteceram sem problemas, confirmando a segurança do equipamento.

O VExCO foi desenvolvido no Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia (Coppe/UFRJ), conjuntamente com pesquisadores de outras unidades da Universidade, além da Petrobras e Whirlpool, especificamente para o tratamento de vítimas da doença em estado grave.

vexco

Dois exemplares do ventilador, já na sua forma definitiva, agora são testados gratuitamente no Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), no Centro de Pesquisas de Energia Elétrica (Cepel/Eletrobras) e nos laboratórios da Coppe. Finalizados os testes, o ventilador será submetido ao registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para então poder ser fabricado e distribuído gratuitamente a hospitais públicos do Sistema Único de Saúde (SUS) do estado.

Veja matéria completa aqui.

 

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Assistência

Atende 42 especialidades médicas e 23 programas em alta complexidade. Possui um Programa de Transplante credenciado no Sistema Nacional de Transplante do Ministério da Saúde, para transplantar rim, fígado, córnea e medula óssea. Tem capacidade instalada atual de 244 leitos, com potencial para até 350 leitos ativos, na dependência do resgate de áreas não utilizadas e investimento em recursos humanos. Realiza por mês cerca de 20 mil consultas ambulatoriais, 450 cirurgias, e 700 internações.

Ensino

Recebe estudantes de graduação das diversas unidades acadêmicas da UFRJ. Por ano, oferece 200 novas vagas para o Programa de Residência Médica e 31 vagas para Residência Multiprofissional em Saúde. Campo de treinamento e formação de 1.795 alunos de graduação e pós-graduação, além de 333 residentes. A Residência Médica do HUCFF é uma das mais procuradas do país. O concurso para 2012 teve 2.230 candidatos inscritos para 206 vagas. Entre os cursos mais procurados estão o de Clínica Médica e Cirurgia Geral.

Pesquisa

O HUCFF abriga importantes laboratórios onde são desenvolvidas produções científicas e publicação de artigos. As recentes conquistas no setor de pesquisa são uma prova de que o hospital tem levado a sério o compromisso de garantir mais qualidade de vida a seus pacientes. É conhecido como um dos principais pólos de produção e disseminação de conhecimento saúde no estado e no país, além de conquistar crescente projeção internacional.