Crianças enviam cartas de apoio aos profissionais do HUCFF

carta 01Cumprimentos e demonstrações de afeto passaram a excluir o toque durante a pandemia. Nada de abraços ou mãos entrelaçadas. Neste cenário os profissionais de saúde são os que mais sentem os efeitos do distanciamento já que, diariamente, estão expostos aos pacientes infectados. 
Para amenizar o desgaste psicológico e físico nesse momento difícil para a saúde, crianças do projeto Casa VIVER enviaram abraços em forma de cartinhas - com mensagens de força e solidariedade - aos estão na linha de frente no enfrentamento à COVID-19 no HUCFF.
Ao todo foram 30 envelopes recheados com palavras de motivação e agradecimento. 
"Você se arriscando para salvar vidas e isso é um ato de heroísmo... Deus deve estar se orgulhando de você", diz um trecho da carta de Bruno Davi, 7 anos. 
Segundo o diretor da Divisão de Enfermagem (DEN), Tony Figueiredo, o projeto representa um grande reconhecimento ao trabalho realizado pelos profissionais da saúde. “Sermos percebidos na ingenuidade das crianças como heróis que lutam pelo bem de todos é muito gratificante e renova as energias e a esperança de que tudo vai ficar bem”, se amociona. "A iniciativa foi um grande "mimo" para a equipe".


O projeto
Casa VIVER é um projeto da Junta de Missões Nacionais, agência da Convenção Batista Brasileira. Situado no Complexo do Chapadão - RJ o projeto atende diariamente cerca de 100 crianças e adolescentes, residentes na comunidade, com oficinas diversas, além de proporcionar acesso à arte,cultura e educação. É um serviço de convivência e fortalecimento de vínculos,visando atuar de forma integral na vida de cada criança e adolescente atendido.

 

carta 02

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Assistência

Atende 42 especialidades médicas e 23 programas em alta complexidade. Possui um Programa de Transplante credenciado no Sistema Nacional de Transplante do Ministério da Saúde, para transplantar rim, fígado, córnea e medula óssea. Tem capacidade instalada atual de 244 leitos, com potencial para até 350 leitos ativos, na dependência do resgate de áreas não utilizadas e investimento em recursos humanos. Realiza por mês cerca de 20 mil consultas ambulatoriais, 450 cirurgias, e 700 internações.

Ensino

Recebe estudantes de graduação das diversas unidades acadêmicas da UFRJ. Por ano, oferece 200 novas vagas para o Programa de Residência Médica e 31 vagas para Residência Multiprofissional em Saúde. Campo de treinamento e formação de 1.795 alunos de graduação e pós-graduação, além de 333 residentes. A Residência Médica do HUCFF é uma das mais procuradas do país. O concurso para 2012 teve 2.230 candidatos inscritos para 206 vagas. Entre os cursos mais procurados estão o de Clínica Médica e Cirurgia Geral.

Pesquisa

O HUCFF abriga importantes laboratórios onde são desenvolvidas produções científicas e publicação de artigos. As recentes conquistas no setor de pesquisa são uma prova de que o hospital tem levado a sério o compromisso de garantir mais qualidade de vida a seus pacientes. É conhecido como um dos principais pólos de produção e disseminação de conhecimento saúde no estado e no país, além de conquistar crescente projeção internacional.