Diretor faz balanço sobre 1 ano de gestão

DJI 0029

Imagem aérea: Fernando Souza

Marcos Freire fala das conquistas e projeta próximos avanços

Chegamos ao primeiro ano de gestão. E nesta trajetória – ainda que curta - seguimos firmes no processo de melhoria e recuperação do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF/UFRJ). Com um passo de cada vez, nós estamos restaurando as estruturas. De Janeiro pra cá, quando apresentamos um balanço de 8 meses de gestão, tantas outras conquistas já podem ser vistas por todo o Corpo Social e usufruída pelos nossos pacientes.

Neste cenário de pandemia, por exemplo, o Hospital do Fundão – como é conhecido – foi um dos primeiros hospitais a iniciar as adequações para o atendimento de pacientes COVID no Rio de Janeiro. Desde o diagnóstico do primeiro caso no Brasil, o HUCFF vem se preparando para atender, sendo listado entre os hospitais de referência pelo Ministério da Saúde e pelas Secretarias Estadual e Municipal de Saúde do Rio de Janeiro. Reformas físicas e estruturais foram - e ainda estão sendo - realizadas no Hospital, através de doações da sociedade civil que incluiu aquisição de equipamentos e materiais, principalmente os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), necessários para possibilitar este atendimento com máxima segurança.

O HUCFF conta hoje com 44 leitos de CTI e 40 leitos de enfermaria. Temos capacidade de receber 84 pacientes com COVID-19. Estamos regulando, em média, 3 a 4 pacientes por dia com COVID-19. Além de toda a rotina de atendimento não COVID que foi reestruturada de acordo com a Regulação.

São muitos profissionais, de várias áreas e especialidades, envolvidos para que este primeiro ano de gestão já tenha sido de farta colheita. Ainda estamos plantando muitas sementes que serão regadas com toda a dedicação que nos é peculiar. Agradeço a cada um que está fazendo parte desta história de superação e união. Vamos juntos! Avante!

Professor Marcos Freire

Diretor Geral do HUCFF

leitos novosLeitos novos

O Movimento União Rio tem sido um dos principais braços neste momento de necessidade de adequações estruturais devido à pandemia. É um movimento que capta recursos da Sociedade Civil e que, com governança de gestão social profissionalizada, é capaz de desenvolver projetos com comprometimento em três eixos:

- obras e reformas

- aquisição e reparos de equipamentos

- custeio para recursos humanos

Através deles 156 leitos estão sendo renovados. Destes, 84 já estão em uso por pacientes acometidos pela COVID-19. Além disso, 62 monitores - 48 já estão na Unidade - e 5 respiradores – prestes a chegar - também foram adquiridos através das doações do Movimento.

Recebemos esta semana 10 novos aparelhos de Eletrocardiograma, 01 aparelho de RX portátil digital e 03 equipamentos de Ultrassonografia beira leito. Em breve chegarão 10 novos carrinhos de anestesia, desfibriladores e mais novos equipamentos já adquiridos. Além do novo equipamento de Ressonância Magnética, que já foi transportado para o seu local definitivo e, em breve, já estará em funcionamento”, sinaliza o diretor.

 

IMG 20200514 115041422Adequações em andamento

As enfermarias dos postos 5D, 9B e 10B estão sendo reformadas simultaneamente. A previsão de entrega do 5D e 10B está prevista ainda para este mês. Assim que entregue estas, serão reformados os postos 10A, 9A e 7A. A reforma de 04 elevadores está sendo providenciada e já há recursos destinados.

Para dar conta de toda essa nova estrutura, a instalação de dois novos geradores foi possibilitada através do Fundo Coppetec de Apoio aos Hospitais da UFRJ.

A Coppetec, desde o início desta gestão, tem sido grande aliada do Hospital em seus projetos, tal qual a FUJB - Fundação Universitária José Bonifácio -.

Passado este cenário, ficaremos com os equipamentos, enfermarias adequadas e um legado de excelência em extensão, ensino, pesquisa e assistência, nossa principal missão”, afirma Marcos Freire. WhatsApp Image 2020-05-20 at 09.48.57WhatsApp Image 2020-05-18 at 10.39.22

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Assistência

Atende 42 especialidades médicas e 23 programas em alta complexidade. Possui um Programa de Transplante credenciado no Sistema Nacional de Transplante do Ministério da Saúde, para transplantar rim, fígado, córnea e medula óssea. Tem capacidade instalada atual de 244 leitos, com potencial para até 350 leitos ativos, na dependência do resgate de áreas não utilizadas e investimento em recursos humanos. Realiza por mês cerca de 20 mil consultas ambulatoriais, 450 cirurgias, e 700 internações.

Ensino

Recebe estudantes de graduação das diversas unidades acadêmicas da UFRJ. Por ano, oferece 200 novas vagas para o Programa de Residência Médica e 31 vagas para Residência Multiprofissional em Saúde. Campo de treinamento e formação de 1.795 alunos de graduação e pós-graduação, além de 333 residentes. A Residência Médica do HUCFF é uma das mais procuradas do país. O concurso para 2012 teve 2.230 candidatos inscritos para 206 vagas. Entre os cursos mais procurados estão o de Clínica Médica e Cirurgia Geral.

Pesquisa

O HUCFF abriga importantes laboratórios onde são desenvolvidas produções científicas e publicação de artigos. As recentes conquistas no setor de pesquisa são uma prova de que o hospital tem levado a sério o compromisso de garantir mais qualidade de vida a seus pacientes. É conhecido como um dos principais pólos de produção e disseminação de conhecimento saúde no estado e no país, além de conquistar crescente projeção internacional.