Teste de Progresso Interinstitucional 2018

teste 18 1O Teste de Progresso Interinstitucional 2018, prova aplicada anualmente para estudantes de medicina do primeiro ao último período, está sendo realizado hoje (23) na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). A prova é feita pelo consórcio Interinstitucional RJ/ES da Associação Brasileira de Educação Médica (Abem) e envolve 10 faculdades de Medicina do Rio de Janeiro e Espírito Santo.
O Teste permite ao aluno avaliar seu conhecimento e desenvolvimento na trajetória universitária. E para a Faculdade fornece subsídios que detectam pontos fortes e fragilidades do curso. “A realização do exame faz uma avaliação progressiva do aluno, porém é importante salientar que o teste é só uma forma de o estudante avaliar o seu desempenho, não tem caráter classificatório e nem é obrigatória”, explica a professora Lúcia Azevedo, coordenadora do Teste de Progresso na UFRJ.
Além da UFRJ, no Estado do Rio de Janeiro, a Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), Centro Universitário de Volta Redonda (Unifoa), Universidade Iguaçu (Unig), Universidade Grande Rio (Unigranrio), Universidade Severino Sombra (USS) e a Faculdade de Medicina de Petrópolis (FMP) também participaram do teste. Bem como a Escola Superior de Ciências da Santa Casa de Misericórdia de Vitória (Emescam), Faculdade Multivix e Centro Universitário do Espírito Santo (Unesc).

Local do Teste alterado em cima da hora

As provas foram aplicadas no Centro de Ciências da Saúde (CCS/UFRJ), prédio em frente ao HUCFF, devido ao princípio de incêndio que aconteceu no 9º andar - em uma ala desativada do Hospital -. O Corpo de Bombeiros foi acionado e a situação foi controlada rapidamente.
Não houve alteração da rotina de assistência, apenas o susto causado pela fumaça, o que motivou a alteração do local do Teste.

 

teste 18 2teste 18 3teste 18 4

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Assistência

Atende 42 especialidades médicas e 23 programas em alta complexidade. Possui um Programa de Transplante credenciado no Sistema Nacional de Transplante do Ministério da Saúde, para transplantar rim, fígado, córnea e medula óssea. Tem capacidade instalada atual de 250 leitos, com potencial para até 450 leitos ativos, na dependência do resgate de áreas não utilizadas e investimento em recursos humanos. Realiza por mês cerca de 20 mil consultas ambulatoriais, 450 cirurgias, e 700 internações.

Ensino

Recebe estudantes de graduação das diversas unidades acadêmicas da UFRJ. Por ano, oferece 200 novas vagas para o Programa de Residência Médica e 31 vagas para Residência Multiprofissional em Saúde. Campo de treinamento e formação de 1.795 alunos de graduação e pós-graduação, além de 333 residentes. A Residência Médica do HUCFF é uma das mais procuradas do país. O concurso para 2012 teve 2.230 candidatos inscritos para 206 vagas. Entre os cursos mais procurados estão o de Clínica Médica e Cirurgia Geral.

Pesquisa

O HUCFF abriga importantes laboratórios onde são desenvolvidas produções científicas e publicação de artigos. As recentes conquistas no setor de pesquisa são uma prova de que o hospital tem levado a sério o compromisso de garantir mais qualidade de vida a seus pacientes. É conhecido como um dos principais pólos de produção e disseminação de conhecimento saúde no estado e no país, além de conquistar crescente projeção internacional.