Semana Mundial da Alergia e Semana Mundial de Imunodeficiências Primárias

foto1Centro de referência e excelência em dermatites, o Serviço de Imunologia do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF/UFRJ), em parceria com a Escola de Enfermagem Anna Nery (EEAN/UFRJ) realizou na manhã de terça-feira (24) palestras para orientar os pacientes que aguardavam as consultas no Ambulatório do 2º andar da Unidade. A atividade fez parte da Semana Mundial da Alergia e das Imunodeficiências Primárias (IDPs) que acontece, simultaneamente, de 22 a 28 de abril. Este ano, o tema designado pela WAO (World Allergy Organization) é “Dermatite Atópica, Uma Coceira que Causa Erupções na Pele” e pela IDF (Immune Deficiency Foundation) é “Meu Futuro Começa com Investigação e Diagnóstico Precoces das IDP”.
Segundo a chefe do Serviço de Imunologia, Solange Valle, o objetivo do evento é tirar as dúvidas e focar a importância do autocuidado e diagnóstico adequado. “Não só os pacientes têm dúvida, como familiares querem saber como podem ajudar, já que a dermatite atópica tem um impacto muito negativo na vida do paciente e na autoimagem”, explica ela.
A Dermatite Atópica é genética (hereditária), ou seja, a pessoa nasce com a pele mais sensível e sofre com a ação de fatores externos: alimentos, ácaros, perfumes e etc. Aspectos emocionais também podem agravar a dermatite.
As Imunodeficiências Primárias são um grupo de doenças congênitas que afetam o funcionamento do Sistema Imunológico.

O Serviço de Imunologia do HUCFF é formado por professores e médicos que atendem enfermidades alérgicas, principalmente asma, rinite, urticária, angioedema, angioedema hereditário e imunodeficiências. Outras informações 3938-2472.foto3foto2

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Assistência

Atende 42 especialidades médicas e 23 programas em alta complexidade. Possui um Programa de Transplante credenciado no Sistema Nacional de Transplante do Ministério da Saúde, para transplantar rim, fígado, córnea e medula óssea. Tem capacidade instalada atual de 250 leitos, com potencial para até 450 leitos ativos, na dependência do resgate de áreas não utilizadas e investimento em recursos humanos. Realiza por mês cerca de 20 mil consultas ambulatoriais, 450 cirurgias, e 700 internações.

Ensino

Recebe estudantes de graduação das diversas unidades acadêmicas da UFRJ. Por ano, oferece 200 novas vagas para o Programa de Residência Médica e 31 vagas para Residência Multiprofissional em Saúde. Campo de treinamento e formação de 1.795 alunos de graduação e pós-graduação, além de 333 residentes. A Residência Médica do HUCFF é uma das mais procuradas do país. O concurso para 2012 teve 2.230 candidatos inscritos para 206 vagas. Entre os cursos mais procurados estão o de Clínica Médica e Cirurgia Geral.

Pesquisa

O HUCFF abriga importantes laboratórios onde são desenvolvidas produções científicas e publicação de artigos. As recentes conquistas no setor de pesquisa são uma prova de que o hospital tem levado a sério o compromisso de garantir mais qualidade de vida a seus pacientes. É conhecido como um dos principais pólos de produção e disseminação de conhecimento saúde no estado e no país, além de conquistar crescente projeção internacional.