É salvar vidas que você quer?

23658453 1929490510411283 5692224339413277794 n

Você já conhece o Sangue da UFRJ? É um grupo que realiza todo período um mutirão de doação de sangue no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF/UFRJ), de forma a criar novos doadores e incentivar esse hábito no meio acadêmico. As doações no HUCFF estão acontecendo desde o dia 9. Mas você tem até sexta-feira (20) para participar também!

"Doar sangue é a forma mais fácil de ajudar o próximo. Para fazer isto, você não precisa de mais que uma hora do seu dia!”, anuncia o perfil do “Sangue da UFRJ”, organização sem fins lucrativos voltada para a conscientização, nos diversos campi da universidade, da importância dessa prática.
Tanta dedicação dos alunos só pode ganhar a gratidão de Carmen Martins Nogueira, chefe do Serviço de Hemoterapia do HUCFF. “Sou admiradora e muito agradecida ao projeto. Eles vêm de coração aberto e, através da conscientização, reconhecem a importância do gesto para a coletividade e contribuem para uma cultura de doadores entre os jovens", resume.

Das vantagens do doador frequente
Carmen Nogueira explica que a constância da doação de um mesmo indivíduo aumenta a segurança tanto para ele quanto para o receptor do sangue. “Toda vez que o cidadão vem, realizamos novos testes. Quanto mais exames, mais segurança eu tenho”, afirma ela, que lembra ainda que a avaliação não é para testar o indivíduo, mas a bolsa de sangue.

Não posso doar. O que posso fazer?
Para os que querem doar, mas têm alguma restrição (ter menos de 50Kg, ter realizado grandes cirurgias nos últimos seis meses, ter colocado piercing ou feito tatuagem nos últimos 12 meses, ou ser portador de doenças infectocontagiosas, como sífilis, AIDS, Chagas, malária, hepatite B ou C, entre outros), a médica do HUCFF recomenda uma contribuição de igual importância: a mobilização.“Você pode incentivar outras pessoas a doarem e falar para elas da importância desse ato. Um doador ajuda,no mínimo, três pessoas”, sintetiza.

Ainda dá tempo de fazer o bem. É só se inscrever pro mutirão aqui.
Saiba mais sobre o projeto Sangue da UFRJ.

O Serviço de Hemoterapia do HUCFF funciona no 3º andar do Hospital do Fundão. Para doar, basta trazer documento de identidade com foto (identidade, carteira de trabalho, certificado de reservista ou carteira do conselho profissional ou carteira nacional de habilitação), estar bem de saúde, ter entre 16 (com autorização dos pais) e 67 anos, pesar mais de 50 Kg. Não é preciso estar em jejum e a ingestão de alimentos gordurosos deve ser evitada nas quatro horas que antecedem a doação. A coleta de sangue é feita entre 7h30m e 13h30m.

Outras informações: 3938-2305 ou pelo email O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Assistência

Atende 42 especialidades médicas e 23 programas em alta complexidade. Possui um Programa de Transplante credenciado no Sistema Nacional de Transplante do Ministério da Saúde, para transplantar rim, fígado, córnea e medula óssea. Tem capacidade instalada atual de 250 leitos, com potencial para até 450 leitos ativos, na dependência do resgate de áreas não utilizadas e investimento em recursos humanos. Realiza por mês cerca de 20 mil consultas ambulatoriais, 450 cirurgias, e 700 internações.

Ensino

Recebe estudantes de graduação das diversas unidades acadêmicas da UFRJ. Por ano, oferece 200 novas vagas para o Programa de Residência Médica e 31 vagas para Residência Multiprofissional em Saúde. Campo de treinamento e formação de 1.795 alunos de graduação e pós-graduação, além de 333 residentes. A Residência Médica do HUCFF é uma das mais procuradas do país. O concurso para 2012 teve 2.230 candidatos inscritos para 206 vagas. Entre os cursos mais procurados estão o de Clínica Médica e Cirurgia Geral.

Pesquisa

O HUCFF abriga importantes laboratórios onde são desenvolvidas produções científicas e publicação de artigos. As recentes conquistas no setor de pesquisa são uma prova de que o hospital tem levado a sério o compromisso de garantir mais qualidade de vida a seus pacientes. É conhecido como um dos principais pólos de produção e disseminação de conhecimento saúde no estado e no país, além de conquistar crescente projeção internacional.