Dia do Médico - Mensagem enviada pelo coordenador do NETT, Alberto José Araujo

Mensagem enviada pelo coordenador do Núcleo de Estudos e Tratamento do Tabagismo (NETT) do HUCFF e poeta humanista, Alberto José Araujo:

Parabéns nesta data, 18 de outubro, a todos os colegas médicos e professores do HUCFF/UFRJ que exercem a arte da medicina, atuando em conjunto com enfermeiros, psicólogos, fisioterapeutas, nutricionistas, assistentes sociais e demais profissionais de saúde para aliviar as dores e sofrimentos humanos, enfrentando as condições adversas do cotidiano dos serviços de saúde, cronicamente abandonados por sucessivos governantes.

Segue um poema de minha autoria:

Ser médico é, antes de tudo, 
cuidar – da - dor [cuidador]

Estar sempre pronto, para acolher 
sem distinção, de classe social, 
credo ou etnia [acolhimento]

Restabelecer o doente, 
promover a saúde, mesmo em condições de 
assistência insatisfatórias [compromisso ético]

Medicina é a arte de escutar com atenção e empatia

Examinar com argúcia, tato e sensibilidade

Da marcha ao fácies, do gesto à fala

Imantada relação médico-paciente 

Curar antes, o sofrimento do espírito, da mente

Imagina a humanidade sem a figura do médico?

Não tem preço a arte do cuidado médico

Ainda que o governo não dê o devido valor a quem cuida

Dos grandes dramas de muitos anônimos humanos, 
o paciente – quase sempre - sabe e reconhece
o esforço, a renúncia e o sacrifício
do médico para exercer a sua nobre arte
e salvar, quando pode, preciosas vidas humanas.