Direção Geral do HUCFF se reúne com corpo social

Conforme agendado, hoje, 21.10, a Direção Geral do HUCFF, acompanhada do engenheiro Ernani Diaz, professor da UFRJ, realizou uma série de reuniões com o corpo social do hospital. O diretor do HUCFF, José Marcus Raso Eulálio, iniciou a reunião, com as chefias das Divisões e exibiu os últimos laudos emitidos na semana passada pela Defesa Civil e COPPE, que confirmam não haver evidências de qualquer lesão estrutural no prédio do HUCFF.

A finalidade do encontro foi informar a situação das obras em andamento no hospital, reafirmar que o monitoramento da estrutura continua sendo feito diariamente e que a movimentação das juntas de dilatação é prevista pela equipe de engenharia.  “O próprio processo de reforço dos pilares prevê uma movimentação considerada normal”, disse o engenheiro Ernani Diaz, reforçando que não há problema estrutural que comprometa as atividades no HUCFF.

Num segundo momento, com a presença do Reitor da UFRJ, Professor Carlos Levi, foi a vez de os alunos e os funcionários ouvirem os esclarecimentos e tirarem suas dúvidas. Segundo o Reitor, a possibilidade de transferir as atividades para outro prédio não é cogitada “A UFRJ está acompanhando de perto a situação do HU e reforça o compromisso de retomar o pleno funcionamento da unidade”, disse Carlos Levi.

Representantes da Defesa Civil, em reunião na última quarta-feira, 19.10, disseram estar satisfeitos com a postura da direção do HUCFF, que vem cumprindo todas as recomendações sugeridas.

Conforme planejado, as atividades da Ala D estão sendo remanejadas para outras alas do hospital até que as obras nos pilares sejam concluídas. A previsão para o término das obras é de 40 a 60 dias. O Centro Cirúrgico segue fechado realizando apenas cirurgias em caso extremo - quando há risco iminente de morte - que impossibilite a transferência devido à gravidade do paciente. As obras no Centro Cirúrgico estão sendo finalizadas e, assim que concluídas, o serviço poderá voltar a funcionar normalmente após nova visita da Superintendência de Vigilância Sanitária. Os pacientes para consultas ambulatoriais estão sendo atendidos normalmente, assim como a emergência do hospital.  Em nenhum momento os pacientes do HUCFF foram transferidos para outras unidades. O remanejamento foi interno, para outras alas do próprio hospital. 

Vazamento de água

Na manhã de, 20.10, os elevadores do HUCFF precisaram ser desligados, pois o registro de água localizado no hall dos elevadores do 11º andar foi encontrado aberto. A falta dos elevadores provocou, além dos transtornos na locomoção de funcionários e pacientes, alagamentos em andares abaixo do citado. O problema foi resolvido em duas horas. A informação de que o alagamento ocorreu devido a um vazamento em uma das caixas d'água do hospital não é verdadeira. Funcionários podem estar associando o vazamento ao fato de que, devido as obras nos pilares, uma das caixas d'água do HUCFF (a que abastece a Ala D que, neste momento, está vazia) está funcionando com metade da sua capacidade, para que o peso desta não atrase ainda mais as obras dos pilares de sustentação. Medida tomada a partir da orientação do engenheiro Ernani Diaz.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Assistência

Atende 42 especialidades médicas e 23 programas em alta complexidade. Possui um Programa de Transplante credenciado no Sistema Nacional de Transplante do Ministério da Saúde, para transplantar rim, fígado, córnea e medula óssea. Tem capacidade instalada atual de 250 leitos, com potencial para até 450 leitos ativos, na dependência do resgate de áreas não utilizadas e investimento em recursos humanos. Realiza por mês cerca de 20 mil consultas ambulatoriais, 450 cirurgias, e 700 internações.

Ensino

Recebe estudantes de graduação das diversas unidades acadêmicas da UFRJ. Por ano, oferece 200 novas vagas para o Programa de Residência Médica e 31 vagas para Residência Multiprofissional em Saúde. Campo de treinamento e formação de 1.795 alunos de graduação e pós-graduação, além de 333 residentes. A Residência Médica do HUCFF é uma das mais procuradas do país. O concurso para 2012 teve 2.230 candidatos inscritos para 206 vagas. Entre os cursos mais procurados estão o de Clínica Médica e Cirurgia Geral.

Pesquisa

O HUCFF abriga importantes laboratórios onde são desenvolvidas produções científicas e publicação de artigos. As recentes conquistas no setor de pesquisa são uma prova de que o hospital tem levado a sério o compromisso de garantir mais qualidade de vida a seus pacientes. É conhecido como um dos principais pólos de produção e disseminação de conhecimento saúde no estado e no país, além de conquistar crescente projeção internacional.