Direção do HUCFF homenageia funcionárias que estão se aposentando

Nesta sexta-feira (3), duas servidoras do Hospital que estão se aposentando receberam homenagem do diretor, Profº Eduardo Côrtes, pelos anos de serviços prestados.

A enfermeira Esther Francisca da Silva se despede do HUCFF após 38 anos de dedicação e cuidados dos pacientes, 30 deles, trabalhando no setor de doenças infecciosas. “É uma vida. Mesmo diante das dificuldades, tive a sorte de trabalhar com uma equipe maravilhosa por anos”, destacou Esther.

IMG 4175 para o site

O Prof. Eduardo Côrtes parabenizou Esther dizendo que a profissional é um exemplo a ser seguido pelas novas gerações de enfermeiras: “Desejo a quem está começando nessa profissão que a emoção e amor aos cuidados com os pacientes nunca sejam perdidos”, completou.

Após 30 anos de serviços prestados ao Serviço de Ginecologia do HUCCF, a profª Juraci Ghiaroni se aposenta e celebra o legado deixado ao ensino da área. “Minha história com a UFRJ e HUCFF tem 39 anos. Me formei, fiz residência e dediquei três décadas de serviços aqui”, comemora.

IMG 4187 para o site

O diretor do HUCFF parabenizou a carreira da Profª Juraci e o trabalho realizado com os futuros ginecologistas. “A instituição tem muito a agradecer aos profissionais que se doam ao serviço e às gerações de alunos que são treinados aqui”, disse.

Diretora da Divisão Médica do HUCFF comemora aniversário

A Diretora da Divisão Médica e diretora-geral substituta do HUCFF, Drª Miriam Maia, foi homenageada com uma confraternização pelo dia de seu aniversário.

confraternização

Programa de Saúde Auditiva do HUCFF é referência no estado do Rio de Janeiro

Fono maria IsabelReferência no estado do Rio de Janeiro, o programa de Saúde Auditiva do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF), realiza atualmente cerca de 100 doações de prótese auditiva e três cirurgias de implante coclear por mês. Segundo a chefe do Serviço de Fonoaudiologia do HUCFF, Maria Isabel Kós, o hospital é o único do Estado que realiza o procedimento que inclui, além da cirurgia, o tratamento de reabilitação/habilitação da fala no paciente com deficiência auditiva e um acompanhamento psicológico do paciente e família.

"A fonoaudiologia pode atuar em todas as questões relacionadas à fala, escrita, audição e motricidade oral. Mas aqui atendemos casos de alta complexidade. São três as principais atuações do HUCFF: na audição, nesse projeto de Saúde Auditiva em parceria com a otorrinolaringologia; e alterações na voz e na motricidade oral, quando o paciente ainda está no leito, auxiliando a recuperação. Por mês, são cerca de 300 procedimentos, entre os diferentes atendimentos e os exames realizados", explica a especialista.

Os pacientes que ficam muito tempo entubados, por exemplo, por um ou dois meses, precisam reaprender a engolir o alimento. “Inclusive a atuação do fonoaudiólogo no próprio leito acelera a alta, pois o indivíduo consegue se alimentar melhor, fortificando o organismo mais rapidamente”, acrescenta a chefe do serviço.

Já quem teve problemas na voz, ocasionados por esforço ou por alguma enfermidade, como o câncer de laringe ou acidente vascular cerebral (AVC), também é atendido pelo Serviço. “No caso do câncer de laringe, órgão onde ficam as cordas vocais, temos que ensinar o paciente uma nova forma de falar. O HUCFF também é referência nesse atendimento, tanto que fizemos convênio com alguns hospitais que encaminham esses pacientes para cuidarmos aqui. Já em casos ligados a problemas neurológicos, nossa função é ajudar a dar mais qualidade de vida a esse paciente”, afirma Maria Isabel.

Dicas para cuidar da voz
A fonoaudióloga lembra ainda que, de forma geral, as pessoas cuidam mal da voz, até por desconhecimento. Confira abaixo algumas dicas que a especialista compartilhou com a gente:

• Quem vai dar aula ou palestra deve fazer um aquecimento da corda vocal dois minutos antes de começar;
• Ingerir muito líquido, principalmente água;
• Ficar atento a alimentação: ela também influencia na saúde vocal;
• Evite álcool e fumo;
• Respirar pela boca acarreta um esforço maior do que o necessário, prejudicando a voz e causando mais cansaço.

 

Como ser avaliado para a cirurgia de implante coclear no HUCFF?

É preciso enviar um e-mail para Secretaria Estadual de Saúde com os dados do paciente (nome, endereço, telefones de contato, CPF, RG, filiação e data de nascimento) e com os dados audiológicos para O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Geriatra do HUCFF fala sobre Alzheimer na Globo News

2016.09.20 - Globo News - Brasil tem mais de um milhão de casos de AlzheimerO 21 de setembro é considerado Dia Mundial do Alzheimer. Para explicar sobre a doença e tirar dúvidas dos telespectadores, o Jornal da Globo News entrevistou a geriatra do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, Aline Saraiva.   

Para conferir a matéria, assista o vídeo aqui

Palestra da SOTIERJ

A médica do CTI do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF) e doutora em bioética e ética aplicada à saúde coletiva, Edna Estelita Costa Freitas, será a moderadora da sessão científica da Sociedade de Terapia Intensiva do Rio de Janeiro (SOTIERJ), com o tema “Limitação do suporte à vida em terapia intensiva”. O evento acontece dia 27 de setembro, na Fundação Saúde do Estado do Rio de Janeiro, na Avenida Padre Leonel Franca, 248, Gávea, às 18h. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones 2255-9394 e 2256-0436 ou pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

Assistência

Atende 42 especialidades médicas e 23 programas em alta complexidade. Possui um Programa de Transplante credenciado no Sistema Nacional de Transplante do Ministério da Saúde, para transplantar rim, fígado, córnea e medula óssea. Tem capacidade instalada atual de 250 leitos, com potencial para até 450 leitos ativos, na dependência do resgate de áreas não utilizadas e investimento em recursos humanos. Realiza por mês cerca de 20 mil consultas ambulatoriais, 450 cirurgias, e 700 internações.

Ensino

Recebe estudantes de graduação das diversas unidades acadêmicas da UFRJ. Por ano, oferece 200 novas vagas para o Programa de Residência Médica e 31 vagas para Residência Multiprofissional em Saúde. Campo de treinamento e formação de 1.795 alunos de graduação e pós-graduação, além de 333 residentes. A Residência Médica do HUCFF é uma das mais procuradas do país. O concurso para 2012 teve 2.230 candidatos inscritos para 206 vagas. Entre os cursos mais procurados estão o de Clínica Médica e Cirurgia Geral.

Pesquisa

O HUCFF abriga importantes laboratórios onde são desenvolvidas produções científicas e publicação de artigos. As recentes conquistas no setor de pesquisa são uma prova de que o hospital tem levado a sério o compromisso de garantir mais qualidade de vida a seus pacientes. É conhecido como um dos principais pólos de produção e disseminação de conhecimento saúde no estado e no país, além de conquistar crescente projeção internacional.